A característica da propriedade pode (e muito!) interferir no valor

Com a recente melhora nas vendas, o mercado imobiliário segue confiante e aposta em sua recuperação. Se você pretende comprar, alugar ou vender um imóvel sabe o quanto é confuso precificá-lo. Algumas características da propriedade promovem variações nos preços, e podem valorizá-las (ou não!). Apesar do cenário esperançoso em que nos encontramos, é preciso ser consciente quanto as possíveis mudanças que envolvem o setor. Pesquisar e estar atento às tendências do mercado são passos valiosos para não ficar no prejuízo.

Listamos alguns itens que podem ser cruciais no que diz respeito à precificação dos imóveis, e que são fundamentais para promover a valorização da propriedade.

Localização

As residências mais próximas aos centros urbanos são, efetivamente, mais caras. Por esses imóveis localizarem-se em regiões mais procuradas e frequentadas, para trabalho ou lazer, há uma diferença considerável quanto aos valores encontrados nas periferias.

Ter fácil acesso ao transporte público também é um ponto importante. Shoppings, supermercados, lojas e áreas públicas de lazer, como locais para fazer exercícios, parques e ciclovias, são indicadores de valorização.

Obviamente, imóveis em áreas seguras são mais caros. A segurança do bairro é algo primordial nos dias de hoje, principalmente, nas grandes cidades.

Estrutura da propriedade

A quantidade de cômodos, bem como a repetição de algum deles, pode influenciar. Se o imóvel for em um edifício residencial, o número de vagas de garagem é relevante. Áreas de lazer, como piscina, playground, academia e salão de festas, tornam o imóvel mais valorizado. A portaria e as câmeras dispostas nas áreas compartilhadas são medidas que promovem a segurança dos moradores.

As condições da propriedade também não passam despercebidas. Buracos, riscos, rasgos e itens quebrados baixam o preço do imóvel. Se o seu objetivo for vender ou alugar considere fazer uma reforma.

Documentação

É importantíssimo verificar a documentação da propriedade. Pesquisar possíveis pendências na prefeitura, ou taxas e impostos em atraso pode evitar muita dor de cabeça. Valorize o seu investimento, e não deixe de buscar mais informações sobre a construtora e a imobiliária escolhida.