A incerteza quanto ao futuro impulsiona busca por investimentos. Conheça a modalidade que tem atraído pessoas em todo território nacional

Em um país carente de educação financeira, o hábito de poupar ainda é pouco comum: apenas 8% dos brasileiros poupam. Hoje em dia, temos acesso a diversas ferramentas que nos aproximam de informações valiosas para controlarmos nossas finanças e ser livres para gastarmos com o que desejamos, entretanto, não são suficientes para promover as mudanças necessárias para aprender a lidar com o dinheiro.

Se você tem objetivos a longo prazo, considere investir. Fazendo as escolhas mais adequadas ao seu perfil, é possível aumentar o seu patrimônio e ainda realizar seu sonhos!

Sobre o fundo de investimento imobiliário

Com tantas informações disponíveis sobre o mercado financeiro, e o cenário instável em que o Brasil se encontra, torna-se cada vez mais comum recorrer aos Fundos de Investimento. Se você já leu alguma coisa a respeito, sabe que podemos compará-lo a um condomínio. Ao adquirir uma cota, o capital investido é somado aos recursos de outros cotistas para que, juntos, invistam em uma das diversas modalidades disponíveis.

Uma das opções que mais tem agradado investidores são os “Fundos de Investimento Imobiliário”, modalidade acessível que facilita a aquisição de imóveis sem, necessariamente, comprá-los. Os ativos em questão tratam-se dos próprios empreendimentos, como galpões, shoppings, edifícios residenciais e comerciais ou até títulos imobiliários. Os FII’s são administrados em bolsa, e contam com a mediação de uma corretora.

É possível começar investindo pouco!

É comum pensarmos que para investir é necessário um montante considerável. Entretanto, os FII’s vão pelo caminho contrário, e caracterizam-se pela sua acessibilidade. Não é necessário fazer um financiamento para adquiri-lo e é possível começar com, apenas, R$ 100,00. Além do mais, o investidor conta com um rendimento todo mês (como se fosse um aluguel) que não terá incidência de imposto de renda. Isso acontecerá no momento da venda da cota, se tiver obtido lucro. Os FII’s são administrados por um gestor, que cria estratégias e identifica oportunidades objetivando rentabilidade. Assim, há encargos administrativos e, caso o lucro ultrapasse o indicador de referência, há cobrança da taxa de performance.

Fique atendo a mudanças e outros investimentos também

A expectativa de melhoria impulsionou a aquisição de Fundos de Investimento Imobiliário. Vale ressaltar que, assim como os outros, há riscos. É interessante que você acompanhe de perto a gestão de suas cotas, e esteja atento às tendências de mercado que envolvam esta modalidade.