Você sabia que é preciso declarar no imposto de renda todos os rendimentos pagos, e também recebidos a partir do aluguel de imóveis?

Muitas pessoas acabam não realizando esse pagamento, por falta de informação. Se você é uma dessas pessoas, não precisa se desesperar, pois resolver esse problema é bastante simples.

Então, ficou interessado em saber mais informações acerca desse assunto, para ficar em dia com a Receita Federal? Confira o nosso post, e saiba mais.

Quem deve declarar o imposto?

A declaração do imposto de renda para a Receita Federal deve ser feita por todos os contribuintes, ou seja, os donos de propriedades que recebem recursos financeiros através de rendimentos de aluguéis.

No entanto apenas os contribuintes que recebem um montante acima de R$1903,98, precisam pagar o imposto de renda, já que os demais são isentos desse pagamento.

Como deve ser feita a declaração do imposto?

É necessário fazer o repasse do Imposto de Renda para o Governo através do Carnê Leão, que é emitido por meio da Receita Federal.

É válido salientar que cada rendimento tem um valor de alíquota diferente para ser repassado, de acordo com essa tabela:

  • Rendimentos com valores abaixo de R$ 1903,00: isentos do imposto de renda;
  • Rendimentos a partir de R$ 1903,98 até R$ 2826,65: arrecadação de 7,5%, com despesa dedutível de R$ 142,80;
  • Rendimentos a partir de R$ 2826,66 até R$ 3751,05: arrecadação de 15%, com despesa dedutível de R$ 354,80;
  • Rendimentos a partir de R$ 3751,05 até R$ 4664,68: arrecadação de 22,5%, com despesa dedutível de R$ 636,13;
  • Rendimentos com valores maiores que R$ 4664,68: arrecadação de 27,5%, com despesa dedutível de R$ 869,36.

Além dos donos dos imóveis, os inquilinos também devem declarar o valor pago do aluguel no imposto de renda.

Então, declare todas essas informações no imposto de renda, e fique com os pagamentos em dia perante o fisco, para não receber nenhuma multa!